Ainda vale a pena alugar carro para Uber e 99?

Ainda vale a pena alugar carro para Uber e 99?

Estamos em 2019 e faltam poucos meses para entrarmos em 2020, porém todos querem saber se ainda vale a pena alugar um carro para de Uber, 99 ou Cabify. De fato, essa é uma questão muito importante para quem não tem um veículo, mas deseja trabalhar com um alugado. Basicamente, a resposta depende do esforço que o motorista está determinado a empenhar.

Pois apesar das facilidades que esse trabalho oferece é importante levá-lo a sério e, sobretudo, criar regras para conseguir alcançar os objetivos, como: pagar o aluguel e combustível do carro e ainda sobrar dinheiro para ter um lazer decente.

Então, a partir do momento que você cria suas regras de trabalho, alugar um carro deixa de ser o problema. Com o tempo, você percebe que os veículos alugados são, na verdade, muito mais seguros que os “carros próprios”, pois você não está preso em financiamentos e nem precisa se preocupar com as manutenções. Por outro lado, ele nunca será seu e todo o dinheiro gasto não voltará.

Vale a pena alugar um carro?

O ideal é que o valor a ser pago mensalmente não comprometa mais do que 25% de toda a renda que você fizer a partir dos aplicativos, pois ainda lhe sobrará 75% e, desse montante, você também deverá reservar mais 25% para o combustível e outras despesas relacionadas ao veículo, sobrando, portando, no final das contas, 50% para você usar como desejar.

Seguindo essa linha dos 25%, confira abaixo quais são os valores de aluguéis ideais conforme a renda bruta que você obtiver através dos aplicativos:

  • Se você ganha R$ 4.000 bruto, o aluguel ideal é de R$ 1.000 pra baixo
  • Se você ganha R$ 5.000 bruto, o aluguel ideal é de R$ 1.000 pra baixo
  • Se você ganha R$ 6.000 bruto, o aluguel ideal é de R$ 1.500 pra baixo
  • Se você ganha R$ 7.000 bruto, o aluguel ideal é de R$ 1.750 pra baixo

Ao trabalhar dentro da margem de 25% para aluguel e de 25% para combustível você terá lucros líquidos maiores. Por outro lado, nem sempre será possível manter os gastos de combustíveis no mesmo patamar, pois haverá dias em que você terá que rodar um pouco (ou muito) mais para conseguir bater sua meta e não comprometer o orçamento final.

Horas trabalhadas

Atualmente, os motoristas de aplicativo fazem em média R$ 17 por hora de trabalho, entretanto, é importante ressaltar que existem também os que ficam abaixo ou acima dessa margem. O ideal é que você fique acima, pois assim não precisará trabalhar tão intensamente para pagar o aluguel do carro quanto alguns motoristas fazem.

Rotina e ganhos de um motorista mediano:

  • Carga horária: 14 horas por dia
  • Dias da semana: De segunda a segunda
  • Estimativa de lucro por hora: R$ 7,00 – 17,00
  • Estimativa de lucro por dia: R$ 115,00 – 238,00

No pior dos cenários possíveis um motorista mediano consegue faturar R$ 115,00 em 14 horas trabalhadas, enquanto no melhor dos cenários ele consegue R$ 238. Se todos os dias fossem bons, com 30 dias de trabalho ele teria um lucro bruto de R$ 7.140,00 ganhando R$ 238 por dia e, assim, poderia pagar o aluguel tranquilamente. Seria perfeito, não? Seria sim, mas, infelizmente, não é assim que funciona, pois existem muitos fatores a serem levados em consideração. Tais como:

Posicionamento

Para garantir sempre o máximo de lucros possíveis o motorista precisará conhecer a cidade como a palma de sua mão, não no sentido de saber as melhores rotas e fazer os menores trajetos até o destino dos passageiros, mas no sentido de ter em mente onde estão os melhores bairros e regiões, os melhores barzinhos e baladas, aonde acontecem os eventos mais importantes e, não menos importante, saber onde fica as zonas comerciais e hoteleiras.

Uma vez que o motorista tenha mapeado na cabeça todos os pontos citados acima será muito mais fácil prever em quais locais a demanda de passageiros estará maior e, consequentemente, as chances de faturar mais serão igualmente proporcionais.

Horário

Ainda que um motorista esteja disposto a trabalhar 14 horas por dia com os aplicativos de transporte, é preciso, antes de qualquer coisa, definir quais faixas de horários merecem maior atenção, pois não basta simplesmente ligar o aplicativo e trabalhar 14 horas seguidas sem ao menos traçar uma estratégia para que todo esse tempo não seja desperdiçado em lugares e horários de baixíssima demanda.

Portanto, o mínimo a ser considerado é que as faixas de horários abaixo são as de maior importância:

  • Das 05h00 às 11h00
  • Das 17h00 às 23h00

A faixa de horário que se estende entre 11h00 da manhã e 17h00 da tarde tem baixos níveis de demanda, pois as pessoas já estão em seus trabalhos e as poucas que estão na rua geralmente solicitam corridas para curtas distâncias. Sendo assim, se o motorista empenhar seu tempo entre 05h00 às 11h00 e 17h00 às 23h00 nos melhores bairros e regiões, as chances de lucrar acima da média são maiores e, consequentemente, ele consegue pagar o aluguel do carro com mais tranquilidade.

Conclusão

Ainda vale a pena alugar um carro para trabalhar na Uber ou 99, porém o motorista deve estar consciente de que o caminho a ser percorrido não será fácil, pois apesar do Brasil ser o segundo maior mercado de corridas por aplicativo no mundo, ele também é o segundo com o maior número de motoristas cadastrados. Ou seja, a disputa por passageiros é muito alta.

Por essa razão, se você está pensando em alugar um veículo, esteja consciente de que provavelmente será necessário trabalhar de no mínimo 12 a 14 horas por dia, sempre procurando aperfeiçoar suas estratégias de posicionamento e horário para conseguir extrair as melhores corridas de cada bairro e região da sua cidade.

Achou útil? Compartilhe!