Ajuda básica

Ainda vale a pena ser Uber em 2019? Compensa?

Ainda vale a pena ser Uber em 2019?

Afinal, ainda vale a pena ser Uber em 2019? Para responder essa questão nós buscamos o máximo de informações possíveis a respeito dos ganhos de um motorista atualmente e, com base nela, responderemos a seguir – a partir do nosso ponto de vista e experiência no assunto – se continua sendo vantajoso ou não trabalhar com Uber.

Primeiramente, é preciso levar em conta que apesar da quantidade brutal de 600 mil motoristas trabalhando pela Uber no Brasil, a média de ganhos deles mantém equilibrada na casa dos R$ 20 por hora. Obviamente, esse valor é apenas uma média e certamente existem motoristas que ganham menos e outros mais.

Com base nos números acima, um motorista médio que trabalha 10 horas por dia conseguirá um lucro bruto de pelo menos R$ 200, o que não é tão ruim assim levando em consideração a média diária de um trabalhador com carteira assinada. Por outro lado, se esses motoristas “médios” aplicarem algumas das estratégias que ensinamos aqui, é possível aumentar esse valor por hora para R$ 25,00.

Ainda vale a pena ser Uber em 2019?

Com certeza, ainda vale a pena trabalhar como motorista Uber sim, no entanto é muito importante criar metas, objetivos e estratégias para que esse trabalho continue promissor. Caso você esteja se perguntando como criar essas estratégias, recomendamos que passe comece a pesquisar suas dúvidas aqui em nosso site e visitá-lo sempre que puder, pois damos dicas valiosas constantemente.

Nos parágrafos anteriores nós mostramos que é possível faturar R$ 200 ou mais trabalhando 10 horas por dia, então se levarmos em conta um período de apenas 20 dias obteremos um lucro total de R$ 4.000. Se acrescentarmos os sábados a essa conta o valor sobe para R$ 4.800. Evidentemente, sua rentabilidade pode ser ainda maior se você souber como diminuir gastos desnecessário, e nós falamos sobre isso em 5 erros que todo motorista de aplicativo comete.

A importância das metas, objetivos e estratégias

Metas, objetivos e estratégias serão 3 fatores fundamentais e imprescindíveis caso você queira ser um motorista bem-sucedido ou, em outras palavras, não ser mais um parceiro a tentar sobreviver na plataforma ao invés de buscar conhecimento e dedicação para ficar acima da média.

As metas são importantes porque – talvez – sem elas você não levará o trabalho completamente a sério. Os objetivos são fundamentais para você se sentir satisfeito com os seus resultados e isso o impulsionará para querer aumentar os seus ganhos. Já as estratégias formam uma ponte para você, suas metas e seus objetivos saírem da mesmice em direção ao sucesso e satisfação profissional.

Como criar metas?

Quanto você ganha atualmente? R$ 100? Então, no próximo mês a sua meta será R$ 125, no outro R$ 150, depois R$ 175 e assim por diante até você chegar em um ponto que esteja plenamente satisfeito com o que está ganhando. Não se preocupe se em algum dia ou mês ficar difícil ou quase impossível alcançar sua meta, pois sempre haverá novas oportunidades.

Como criar objetivos?

Essa é a parte mais simples! Você está trabalhando com um carro alugado atualmente? Então, sua meta será comprar um carro usado, novo ou semi-novo! Mas, se a sua meta for dar entrada em uma casa, provavelmente o seu objetivo é juntar um valor X, certo? Trabalhe pesado para juntar a quantia necessária para você conquistar esse sonho.

Como criar estratégias?

Afinal, o que são estratégias? Digamos que conhecer bons bairros, horários e a rotina da sua cidade já são ótimos exemplos de estratégias. Por certo, desenvolvê-las não é uma tarefa simples, mas com os conselhos corretos, conforme escrevemos em Ganhando Mais, esse processo se tornará muito mais simples e você conseguirá aumentar significativamente o seu faturamento, o que consequentemente contribuirá bastante para suas metas e objetivos serem concretizados.

Achou útil? Compartilhe!